Educando os filhos – Educação

Em via de regra os pais são os responsáveis por educar seus filhos. O fato é que tal responsabilidade vem acompanhada do peso dessa tarefa tão complexa, assim como também da recompensa de testemunhar o desabrochar de um ser humano cheio de energia para uma vida plena.

Educar filhos nos dias de hoje é uma empreitada e tanto, pois junto com a “listinha” de direitos vem a de obrigações dos pais para com seus filhos. Antes de mais nada é preciso definir quais são as prioridades ao tratar do tema Como educar uma criança.

Creio que os pais devem ter sempre em mente os valores que servirão de alicerce para as relações familiares que querem estabelecer, pois a base deve ser sólida para uma construção promissora.

Ser um bom pai não significa apenas confiar nos seus instintos. É preciso aprender a ser pai sim, para receber o filho como um ser que irá se espelhar em você, poderá seguir seus passos, além de ter a sua postura como uma primeira referência de vida.

A história de vida de cada um com certeza representa uma importante bagagem, e portanto acaba sendo utilizada como um parâmetro para criar seus filhos. Na tarefa ímpar de formar uma criança, algumas características devem ser destacadas como essenciais para os pais fazerem um bom trabalho. Entre elas estão a disciplina e uma boa dose de autoconhecimento. E mais: é fundamental ter paciência, dedicação e comprometimento. Tudo isso para preparar as crianças para o mundo além dos muros da casa da família.

A sugestão é que os pais mantenham a mente aberta para um novo jeito de lidar com os desafios cotidianos. E isso significa encontrar uma forma corajosa de ser um pai educador inteligente e mais preparado. Afinal temos que nos reinventar, já que a árdua missão de educar os filhos precisa estar alinhada às necessidades atuais do mundo, uma vez que este exige, a cada dia que passa, mais e mais de nós…

Talvez a maior dica seja prestar atenção ao modelo de família que você quer de fato construir, e como isso será viável. O melhor caminho é ser honesto consigo mesmo e saber que você transmite a sua verdade ao seu filho, como algo que transparece muito mais em suas atitudes do que em suas palavras. Lembre-se: você é o primeiro modelo de adulto para seu filho. E isto não é pouca coisa!

Separei alguns itens a serem levados em consideração para que a formação da criança seja coerente com o perfil familiar:

  • Que tipo de pai é você: tradicional ou mais liberal;
  • Quais são os valores morais (que você considera) essenciais na formação do ser humano;
  • Como estabelecer a disciplina em casa;
  • O que é básico para a rotina familiar: hábitos, alimentação, horários;
  • Estar ciente do projeto político-pedagógico (PPP) da escola, o qual deve ser coerente com o estilo de vida da sua família.

images(continua no próximo post)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s