Educação XV – Abaixo o preconceito!

-A: O que você prefere, menino ou menina?

-B: Acho que é mais fácil criar meninas, porque elas são mais dóceis. Ficam mais em casa com os pais.

-A: Será mesmo? Não concordo. Pra mim é melhor ter meninos, porque eles perguntam menos. São mais independentes. O desgaste é menor…

-B: Mas veja bem, as meninas são mais estudiosas, e de mais a mais, elas cuidam dos pais quando estes ficam doentes!

-A: Você jura que acredita nisso? O homem é mais leal ao sangue, e por isso tem orgulho de carregar o sobrenome do seu pai e transmitir ao seu filho.

-C: Oi gente, em que época vocês vivem? Depois de grandes conquistas, com muitos anos de suor e luta, enfim as mulheres têm igualdade de direitos e deveres… E vocês ainda pensam em definir papéis superados para os filhos?! Ou vocês acham que é mais fácil ser homem ou ser mulher?

-B: Eu só acho que as meninas são as futuras mães, portanto elas têm um dom nato para a maternidade. E é assim desde que o mundo é mundo!

-C: Vocês precisam abrir suas mentes! As coisas não são assim faz tempo… Não falem bobagem…

-A: Como assim? O mundo está perdido desse jeito! Ninguém mais tem valores mesmo.

-C: Calma, não pegue a contramão da história! Você precisa entender que até mesmo os valores mudaram, mas não deixaram de existir! Família é importante e continua sendo a base para todo cidadão. Porém essa conversinha de vocês é permeada por muito preconceitos… Ideias pré-concebidas que estão ultrapassadas. Hoje os conceitos são outros, e não podemos educar uma criança apontando o que é certo fazer, ou gostar, ou ter, levando em consideração o seu sexo.

-B: Ahhhhhh tem coisas que não mudam na vida! Tem certas atitudes que são coisas de mulher. Fica estranho se um homem começar a agir como uma… você sabe que pega muito mal, né?

-C: O que pega mal é conservar pensamentos pequenos, falar coisas mesquinhas. A visão preconceituosa diminui o valor do ser humano. Cada um é como é, e só nos cabe respeitar as decisões do outro, se você quer realmente ser respeitado. A gente não pode ficar ditando regras para a vida do próximo.

-A: Que exagero! Na verdade a minha esposa está grávida, e eu quero muito um menino pra torcer para o meu time de coração e assistir a todos os jogos comigo. E se aventurar pelo mundo, já que eu não pude, porque casei muito cedo.

-C: Entendi. Você quer um filho que viva a sua vida, e não a dele. Só que cada um tem a sua própria, além do mais, tem o direito de fazer do seu jeito.

-A: Mas o que eu mais quero é que meu filho seja feliz!

-C: Então não comece complicando a cabecinha da criança… Crie um ambiente de confiança. Nunca se esqueça de que ela se espelha nos adultos que estão a sua volta e acaba reproduzindo aquilo que vê, que ouve e que sente.

-B: Acho que ter filho é uma grande responsabilidade…

-C: E mais ainda é criar, educar, fazer parte da vida de uma criança, seja ela menina ou menino. Afinal filho é filho e dá trabalho do mesmo jeito!

Ana Cristina Teixeira

images-2

Poema Enjoadinho

Filhos… Filhos?
Melhor não tê-los!
Mas se não os temos
Como sabê-los?
Se não os temos
Que de consulta
Quanto silêncio
Como os queremos!
Banho de mar
Diz que é um porrete…
Cônjuge voa
Transpõe o espaço
Engole água
Fica salgada
Se iodifica
Depois, que boa
Que morenaço
Que a esposa fica!
Resultado: filho.
E então começa
A aporrinhação:
Cocô está branco
Cocô está preto
Bebe amoníaco
Comeu botão.
Filhos? Filhos
Melhor não tê-los
Noites de insônia
Cãs prematuras
Prantos convulsos
Meu Deus, salvai-o!
Filhos são o demo
Melhor não tê-los…
Mas se não os temos
Como sabê-los?
Como saber
Que macieza
Nos seus cabelos
Que cheiro morno
Na sua carne
Que gosto doce
Na sua boca!
Chupam gilete
Bebem xampu
Ateiam fogo
No quarteirão
Porém, que coisa
Que coisa louca
Que coisa linda
Que os filhos são!

Vinicius de Moraes

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s