Crica’s favourite XXI – Os Miseráveis – filme

O longa-metragem, Os Miseráveis (Les Misérables), recém lançado no Brasil, é baseado no musical do mesmo nome, que por sua vez foi inspirado na obra homônima do escritor francês, Victor Hugo, de 1862. 

Este musical estilo ópera do diretor Tom Hooper, que acaba de chegar aos cinemas brasileiros, presta uma homenagem  aos 25 anos do musical de mesmo nome.

A história já é por si só comovente, pois fala de Luta, Sonho, Esperança e Amor na França devastada pela miséria no século XVIII.

Então adicione à ela, músicas de letra e melodia belíssimas, um elenco muito dedicado e competente, o impacto visual e sonoro causados pelos efeitos e recursos permitidos pela tecnologia, além da assinatura de um diretor talentoso, e teremos um filme de altíssima qualidade!

Luta

Em plena Revolução Francesa, numa França conturbada por um governo corrupto reprimindo seu povo doente e miserável que clama por melhores condições de vida. O representante dos injustiçados é Jean Valjean (Hugh Jackman), condenado a dezenove anos de prisão por ter roubado apenas um pedaço de pão, quando posto em liberdade condicional consegue violá-la passando a ser caçado pelo implacável policial Javert (Russell Crowe), que representa o poder esmagador dos ricos e importantes sobre os fracos e oprimidos. 

Anos depois, agora rico e com uma nova identidade, Valjean conhece Fantine (Anne Hathaway), uma ex-funcionária de sua fábrica, que perdeu o emprego por ser mãe solteira e que implora a ele que cuide de sua filha Cosette (Isabelle Allen).

Sonho

Quando Valjean aceita cuidar de Cosette as suas vidas mudam para sempre. Ele resgata a pequena do casal Thénardier, Helena Bonham Carter e Sacha Baron Cohen, que estão engraçadíssimos por sinal, e a leva embora. Em Paris e com novas identidades, os dois vivem como pai e filha. Uma fase mais tranquila em que a jovem cresce cercada de atenção e cuidados por aquele homem, que fez de tudo para protegê-la. A doce Cosette, agora vivida por Amanda Seyfried, não tem maldade e acredita num mundo cheio de amor e sem perigos.

Esperança

O jovem Marius (Eddie Redmayne), um revolucionário que luta por justiça social e para que a monarquia seja extinta, entra na vida de Cosette. Ambos se apaixonam e querem ficar juntos, mas para isso terão que enfrentar a resistência de Valjean.

Marius e Cosette representam a França revitalizada, livre da monarquia, e guiada pelo lema dos revolucionários, “Liberdade, Igualdade e Fraternidade”.

Amor

O ódio pode mover montanhas, mas o amor move tudo! Valjean se redime de suas faltas no contato com Cosette. Com ela aprende o significado de amar e perdoar, pois consegue estender a mão até para seu maior inimigo, Javert.  Com tudo que aconteceu na sua vida, de bom e de ruim, foi por compaixão por Fantine que Valjean criou a menina, mas foi por amor à filha que ele salvou Marius, em meio a um motim. Enfim o nosso herói foi mais humano quando tocado por um nobre sentimento.

Não perca o filme na telona. Os atores estão maravilhosos. Cantam e interpretam seus papéis em uma entrega que é impossível não reconhecer! Em vários momentos a gente chega a se arrepiar. O elenco todo cantou durante a própria filmagem. Sem playback. E mesmo os atores não sendo cantores fazem bonito. Jackman arrasa no filme, e Hathaway, que está num ótimo momento, solta a voz na medida certa e convence o público. Mais uma razão para assistir!

Vá ao cinema preparado para fortes emoções, ou seja, não esqueça da caixinha de lenços!

Os Miseraveis 138x200  O Filme Os Miseráveis.

FICHA TÉCNICA

Diretor: Tom Hooper

Elenco: Sacha Baron Cohen, Helena Bonham Carter, Anne Hathaway, Amanda Seyfried, Hugh Jackman, Russell Crowe, Eddie Redmayne, Samantha Barks, Aaron Tveit, Colm Wilkinson, Ella Hunt, George Blagden, DanielHuttlestone, Bertie Carvel, Isabelle Allen, Frances Ruffelle, Alistair Brammer, Evie Wray, Kerry Ellis, Tim Downie, Killian Donnelly, Alexander Brooks, Fra Fee, Sophie Ellis, Jean-Marc Chautems, Jonny Purchase, Lily Laight, Linzi Hateley, Scott Stevenson, Nathanjohn Carter, Dick Ward, Nancy Sullivan, Gabriel Vick, Catherine Woolston, Jaygann Ayeh, Paul Leonard, Gino Picciano, Olivia Rose Aaron, Jackie Marks, Julia Worsley, AlisonTennant, Josh Wichard, Sara Pelosi, Henry Monk, Adebayo Bolaji, Sammy Harris, Adam Nowell, Rosa O’Reilly, Stevee Davies, Robyn North, James Charlton, Alice Fearn, Kelly-Anne Gower, Iwan Lewis, Jos Slovick, Richard Dalton, Matt Harrop, Mary Cormack, Gary Bland, Adam Pearce

Produção: Eric Fellner, Debra Hayward, Cameron Mackintosh

Roteiro: William Nicholson, baseado na obra de Victor Hugo

Fotografia: Danny Cohen

Trilha Sonora: Claude-Michel Schönberg

Duração: 157 min.

Ano: 2012

País: Reino Unido

Gênero: Musical

Cor: Colorido

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s