Poesia – Qual é o preço de uma vida humana?

Será que tem preço, a vida humana?

Pode ser negociada,

A vida que se perde ou que se ganha?

Em qualquer esquina é desprezada

Por não valer nada!

Às vezes tão desgraçada

Que chega a ser

Confundida com uma praga…

 Como dar valor a uma vida?

Mais cara para quem tem muito a perder

E passa a vida a se esconder!

Mais barata para quem a leva espezinhada

Pelas ruas tristes da cidade,

Ou caída em qualquer calçada!

Unknown

Quanto vale a vida de quem vaga pelas avenidas,

Pelas praças, pelos becos,

Pelos cantos deste mundo tão violento?

Vida que se confunde na multidão sufocante,

Que passa por aí sangrando… Calada…

Ou rindo de nada…

Aos poucos se mostrando

atônita e mal tratada…

De onde vem este descaso?

Esta falta de cuidado?

Talvez da escuridão da cada ser…

Talvez de uma sombra enorme 

Que nos invade,

E nos fere…

Que vem dentro

E não de fora…

Que não fala,

Nem ouve,

Apenas nos devora…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s