Crica’s favourite XVI – Eu queria ter a sua vida – filme

Eu Queria Ter a sua VidaEu Queria Ter a sua VidaEu Queria Ter a sua Vida
Sabe a velha história de que a grama do vizinho é mais verde?

Bem, este é o argumento do filme Eu Queria Ter a Sua Vida. Só mesmo vivendo na “pele” do outro para se ter a noção exata das dores e delícias da vida de qualquer um.

O filme é uma paródia adulta às situações da clássica “troca de corpos”,  aliás um tema recorrente no cinema do adulto infantilizado. David Dobkin, o diretor, parece não ter grandes pretensões com esta produção, apenas proporcionar puro entretenimento ao telespectador.

Dos mesmos roteiristas de  Se Beber Não Case, o roteiro frágil e repleto de piadinhas de gosto duvidoso acaba funcionando bem. Grande parte disto se deve à boa atuação dos atores e da visível sintonia entre eles.

Os personagens centrais são dois amigos com estilos de vida completamente diferentes, mas que não estão satisfeitos com as suas escolhas. Ryan Reynolds interpreta um mulherengo incurável, e Jason Bateman vive um pai de família lotado de responsabilidades.

A troca de corpos entre os personagens equilibra bem as situações inusitadas e os pequenos maneirismos de cada um, mostrando que Reynolds e Bateman estão mesmo muito à vontade na história, apesar de toda a maluquice.

A atriz Leslie Mann, também está ótima como a esposa do personagem de Bateman, precisa cuidar da casa e dos filhos pequenos. Leva uma vida bastante agitada e sem muito tempo para o romance, por esta razão acaba protagonizando cenas hilárias do cotidiano de qualquer casal.

 Brincadeiras à parte, por mais que desejemos ter a vida do outro, no fundo sabemos que ninguém vive um conto de fadas. Exatamente quando a história revela as vantagens e desvantagens de cada lado. As escolhas podem ser revistas, mas as consequências delas são inegáveis, e todos terão que lidar com elas de uma forma ou de outra.

 Vale a pena também ressaltar que o filme mostra uma sociedade materialista que vende a ideia de que precisamos ter tudo para sermos felizes. Algo impossível! Mas insistimos em valorizar o sonho consumista de querer ter tudo que o vizinho tem, ou pior, de ter a vida que o outro tem …

Como resultado muitas vezes deixamos de investir no nosso real potencial. Não conseguimos nos apropriar do que é realmente nosso, porque ao invés de olharmos para dentro de nós, olhamos para fora, para o outro. E enxergamos melhor a capacidade alheia do que a nossa própria.

Eu Queria ter a sua Vida

Ficha Técnica

Título original: The Change-Up

Título no Brasil: Eu Queria ter a sua Vida

Direção: David Dobkin

Roteiro: Jon Lucas, Scott Moore

Elenco: Ryan Reynolds, Jason Bateman, Leslie Mann, Olivia Wilde e outros

Categoria: Comédia
Duração: 112 min

País: EUA

Ano: 2011

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s